DEPRESSÃO: 4/6

Existe relação entre depressão e obsessão? Sim, a Depressão é uma doença do Espírito. Entendemos que a Desobsessão é um dos fatores importantes na recuperação, se fazendo uso do processo da assistência Espiritual.

O portador de Depressão necessita, mais do que ninguém, do apoio e da compreensão dos familiares e amigos, principalmente dos irmãos de fé, pois no processo depressivo até ela fica abalada. Neste momento, nada mais importante do que a compreensão solidária e respeitosa.

SUICÍDIO - INFORMAR PARA SALVAR VIDAS.

HOME - Slides 01 a 04

Slides 05 a 08

Slides 09 a 12

Slides 13 a 16

Slides 17 a 20

Slides 21 a 24

Depressão, na visão Espírita.

          Segundo o Terapeuta americano Alexander Lowen, existem evidências de que os seres humanos estão sendo vítimas de perigosa “Epidemia de Depressão”; retroalimentada por sucessivos surtos de medo, ansiedade, pânico, tristeza, indiferença e autodestruição.

           Nos Centros Espíritas também já é possível perceber a virulência dessa epidemia Psíquica, pois grande parte do pessoal que está procurando assistência Mediúnica queixa-se de sintomas Depressivos.

          Essa constatação reveste-se de maior gravidade quando lembramos que a Depressão é, tecnicamente falando, uma porta aberta ao Suicídio. Como estamos em plena CAMPANHA "EM DEFESA DA VIDA", deflagrada pelo Conselho Federativo Nacional da Federação Espírita Brasileira, acreditamos que esse fato merece acurada reflexão, para que nossa prática esteja em consonância com o discurso. Pelo que temos verificado, em nosso contato direto com o Movimento Espírita, muitas instituições não estão conseguindo dar uma ajuda eficiente a essa nova e angustiada clientela. Fonte: Mauro Quintella.

          AOS ESPÍRITAS, MUITO SERÁ PEDIDO, PORQUE MUITO RECEBERAM, ASSIM COMO MUITO SERÁ DADO ÀQUELES QUE APROVEITAREM O QUE RECEBEREM. - (O Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. XVIII, Item 12.)

SLIDE 13-(Continua no próximo SLIDE)

Depressão, na visão Espírita.

          TRATAMENTO = Deverá ser abrangente, diremos: Médico, Psicológico, Social e principalmente Espiritual. O tratamento Médico é imprescindível na fase crítica. O uso de antidepressivos é decisivo para restabelecer a fase aguda. O tratamento Psicológico ganha importância pelo fato de auxiliar no autoconhecimento. O Espiritual é importantíssimo porque o “Espírito é o fundamento da Vida". Quando não valorizamos o tratamento Espiritual, os resultados costumam ser precários, as recidivas constantes, com uma tendência ao envelhecimento precoce. (Dr. Jaider R. de Paula.)

          Os antidepressivos e os ansiolíticos não curam ninguém, funcionam como um "Cirineu", ajudando os pacientes a levarem suas cruzes, não retirando-as dos seus ombros. Somente a conscientização da necessidade de transformar-se intimamente é que pode mudar o roteiro de vida de um deprimido. (Dr. Jaider.)

SLIDE 14-(Continua no próximo SLIDE)

Depressão, na visão Espírita.

Quando há um clima de aceitação dos recursos Espíritas, encaminhamos para receberem os passes (Fluidoterapia), principalmente nos centros de força Genésico, Esplênico e Gástrico, os mais afetados, e o recurso da Água Fluidificada. - (Nome do Depressivo no Livro de Preces – Estudo do Evangelho – Assistir a Reuniões Públicas (Palestras) – Atendimento Fraterno e de Cura, etc.)

Não sendo aceitos tais recursos, orientamos da necessidade da fidelidade ao compromisso Religioso que temos diante do nosso Criador; com isto, enfatizamos o recurso da Prece, da procura da Comunhão com Deus, o Nosso Pai, através da Prece, que deve ser sincera e sentida para ter-se a eficácia desejada, tanto por parte do Depressivo, como das pessoas que lhes são próximas. (Extraído do jornal Folha Espírita, n.º 289, abril/98.) – Exceto os destaques em vermelho.

O amor seria o primeiro medicamento para a Terapia antiobsessiva. A tendência à Depressão é uma herança, realmente, não de nossos pais, mas de nós mesmos, porquanto as características fundamentais de nossa personalidade representam, essencialmente, a soma de nossas experiências em vidas pretéritas.

Nada pode abalar aquele que alcançou o amor, a paz,

a harmonia interior e, sobretudo a Fé em Deus.

SLIDE 15-(Continua no próximo SLIDE)

Depressão, na visão Espírita.

A Depressão e o Suicídio:

01 - Dentre os sintomas de Depressão os mais dramáticos são os pensamentos e comportamentos Suicidas. O Suicídio e as tentativas de Suicídio raramente são vistos fora do contexto de um transtorno Psiquiátrico.
Dentre os transtornos de humor, a  Depressão ocupa o primeiro lugar nos transtornos Psiquiátricos que estão mais envolvidos no risco de Suicídio.

02 - Entre os pacientes Deprimidos, de 10 a 19% cometerão Suicídio durante a evolução da sua doença ao longo da vida. O risco de Suicídio nos pacientes com diagnóstico de transtorno Depressivo é vinte vezes maior que o esperado na população geral. – (A Depressão associada à obsessão Espiritual = 70%.)
Fonte: Dr. Sérgio Luis da Silva Lopes – Médico Psiquiatra / Presidente da Associação Médico-Espírita de Pelotas/RS.

http://lep.org.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=398:a-depressao-e-o-suicidio&catid=22:ame-pelotas&Itemid=42

O Suicídio é um dos maiores equívocos humanos, para não dizer o maior. A pessoa sente-se pressionada por uma quantidade variável de desafios, que julga serem problemas sem solução, e precipita-se na ilusão da morte. Sim, ilusão, porque ninguém consegue se autoexterminar. – Autor: Orson Peter Carrara.

Deus não lhe dá um fardo maior do que você pode carregar.

SLIDE 16-(Continua no próximo SLIDE)

COMENTÁRIOS:

SLIDE 13: (2º quadro) = A - Nota – Os comentários do Sr. Mauro Quintella, talvez se prendam ao fato de que sendo o Espiritismo a Doutrina que mais se dedica ao Estudo da imortalidade do Espírito depois da morte física, e sabendo-se que o desencarne por Suicídio acarreta ao Espírito as mais dolorosas provas e expiações; daí os alertas e a convocação para a execução concreta de ações a respeito deste assunto.

OBS.: (Tudo isto nos leva a seguinte conclusão: Existe nesta área um grande volume de trabalho a ser executado, de forma urgente, bem planejada, perene e com muita perseverança, em outras palavras, se faz necessário muito “TRABALHO”).

HOME - Slides 01 a 04

Slides 05 a 08

Slides 09 a 12

Slides 13 a 16

Slides 17 a 20

Slides 21 a 24

Fale Conosco pelo e-mail: alexbarocha@hotmail.com - COPYRIGHT: 2015 / 2017.

Você que é ESPÍRITA, adquira o livro  abaixo e leia-o atentamente; é muito importante que: questione, concorde, discorde, critique, elogie, e auto se analise.

Livro: ESPIRITISMO! O GRANDE DESCONHECIDO DOS ESPÍRITAS. = Autor: J. Herculano Pires

TOPO